31 julho 2011

lead us

sunny boyR. & C.HeLLo
me & rik

Lead me by your truth and teach me, for you are the God who saves me. All day long I put my hope in you.
Psalm 25:5, NLT

27 julho 2011

enquanto dormimos

«Caros Leitores
Há dias atrás, não pude deixar de sorrir ao iniciar a leitura de um texto de Steven Furtick, que dizia: “A melhor coisa que Deus fez para o homem, fez enquanto ele dormia.”
Refere-se, como provavelmente já adivinharam, ao surgir de Eva, a primeira mulher. “Então o SENHOR Deus fez cair um sono pesado sobre Adão, e este adormeceu; e tomou uma das suas costelas, e cerrou a carne em seu lugar. E da costela que o SENHOR Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão.” (Génesis 2:21, 22)
E mais à frente, assegura: “E connosco não é diferente.”

Num dia-a-dia que parece tão definido pela dimensão do nosso esforço, pelo nosso empenho em “fazer as coisas acontecer”, pode suceder deixarmos, no horizonte das nossas expectativas, um espaço exíguo, ou mesmo inexistente, para aquilo que Deus fará à margem de qualquer envolvimento nosso. Quase como se só dependesse de nós o “accionar” da bênção do Senhor sobre as nossas vidas, acumulamos frustração pelo facto de acharmos que não conseguimos, que não nos afadigámos o suficiente para chegar lá. Como se fôssemos nós a determinar o mover de Deus.

Jesus ensinou-nos que existe um operar de Deus, que é só d’Ele, que decorre exclusivamente da Sua sabedoria e do Seu poder. Sucede à margem das nossas melhores capacidades, das nossas esforçadas tentativas, da nossa criatividade ou vontade, até dos nossos pedidos em oração. No Seu sábio mover, Ele vai para além de tudo isso.
E contou uma história simples, de um homem que saiu a semear. Depois de toda a semente ser lançada no campo, voltou para casa, com o dever cumprido. Cansado do dia, deitou-se e adormeceu. E enquanto dormia, sem o seu conhecimento nem envolvimento, aconteceu um desabrochar e um crescimento de plantas que o deixa surpreendido ao voltar ao campo, como se “ a semente brotasse e crescesse, não sabendo ele como.” (S. Marcos 4:27). “O Reino de Deus é assim…”, explicou Jesus (Marcos 4: 26).
· Enquanto Mardoqueu dormia, ao Rei Assuero foi “oferecida” uma insónia que o levaria a recordar as crónicas do Reino, o que resultaria numa bênção grande parta Mardoqueu.
· Enquanto Jacó dormia, Deus proporcionou-lhe uma revelação magnífica, relativa à dinâmica da eternidade.
· Enquanto Pedro dormia, um anjo viajava em direcção da prisão onde estava, para o libertar.
Não é o nosso estado de alerta, ou a nossa destreza ou inteligência que opera a mudança desejada, o milagre. É o poder de Deus, só o poder de Deus.
Depois do nosso dia de trabalho, saibamos descansar verdadeiramente, sob a protecção e o amor de um Deus que não dorme nem tosqueneja (Salmo 121:4), guardando em nós as Suas palavras, plenas de verdade: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus.” (Salmo 46:10)
Uma semana abençoada para si.
Bertina Cóias Tomé »
__________________________________________________________________________________
Esta reflexão foi-lhe oferecida pela Mulher Criativa, uma revista bimestral de inspiração cristã.
Este artigo tem direitos de autor. Não pode ser editado sem a sua autorização expressa por escrito.

23 julho 2011

freedom + love

For you have been called to live in freedom... But don't use your freedom to satisfy your sinful nature. Instead, use your freedom to serve one another in love.
Galatians 5:13, NLT